Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Próxima Paragem

Próxima Paragem

As Caixas e os Aviões

Quero fazer tudo direito

Mas tenho de me apressar

As caixas são imensas

Mas os aviões daqui a nada estão a levantar.

 

Eu olho para as horas

Elas passam a voar

Mas os nossos aviões são famosos

Por saber onde têm de chegar.

 

Voam o Mundo inteiro

Para entregar as caixinhas

E fazer toda a gente sorrir

Com a chegada das prendinhas.

 

Gosto de ver os aviões a chegar

Só tenho pena de não poder entrar

Pois teria muita sorte

Para poder viajar.

 

As caixas levam de tudo

São pesadas e quadradas

Embora muito ás vezes

São meio avariadas.

 

Com algumas formas estranhas

Perguntou-me o que terá dentro

De cor amarela por fora

Será que também posso ir dentro?

 

Gostava de as entrega em mãos

E com isso percorrer o Mundo

Receber um sorriso aberto

De quem as aguardou muito.