Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Próxima Paragem

Próxima Paragem

Khao neeo mamuang (arroz doce tailandês com manga)

Foi a melhor sobremesa que comi na Tailândia e o melhor é que, eu comi tudo sozinha, pois ele não gosta 

Este arroz doce é típico na Tailândia e é normalmente servido com manga madura, suculenta e fatiada, mas pode ser servido com outras frutas ao nosso gosto.

Originalmente este arroz é feito com arroz "moti", conhecido por "sticky rice" ou arroz "pegajoso/colado".

Em vários países o arroz doce é muitas vezes uma sobremesa.... e que rica sobremesa! 

Em Portugal, em algumas cidades na época natalícia não pode faltar o arroz doce com canela, não é verdade? Mas um autêntico e tentador arroz doce tailandês é tão bom, ou melhor do que qualquer outros arroz doce de qualquer parte do mundo. Eu fiquei surpreendida com este sabor.

Leite de coco, manga super saborosa e arroz doce, mas que bela ideia para uma boa sobremesa ou mesmo um lanche.

Deixou-me cá uma saudade, que só de ver e pensar faz crescer água na boca.

SAM_2946.JPG

SAM_2951.JPG

Estes são vendidos maioritariamente nas barraquinhas que existem ao longo dos passeios.

Todas elas têm um pouco de tudo, mas o forte destas são mesmo frutas naturais (maravilhosas), batidos de fruta bem gelados (óptimo para as temperaturas que por lá andam) e pequenos snacks para levar na viagem.

Eu, comi por três vezes este arroz fantástico com manga e ainda hoje não houve nenhum melhor que este.

Aqui podem encontrar algumas receitas do mesmo.

Façam, pois vão gostar imenso.

 

»Próxima Paragem«

 

A nossa primeira tatuagem

Quando consegui, por fim, ter dinheiro suficiente para ir conhecer, um pedacinho da Tailândia, jurei para mim mesma que lá eu iria fazer a minha primeira tatuagem.

Esperei tanto por esta viagem. Sonhei tantas vezes com ela. Era e até agora foi a viagem mais marcante, mais bonita, com mais histórias, mais vivências e também a viagem que me consegue deixar numa nostalgia que, faz doer por dentro de tanta vontade de lá querer voltar . 

Foi marcante. Podem acreditar que foi.

A Tailândia é conhecida por muitas coisas, uma delas as tatuagens.

Ela é o centro mundial da arte corporal.

Os tailandeses acreditam que as tatuagens têm poderes mágicos e por isso mesmo existem imagens

especificas com significados que eles acreditam ser sagradas e importantes, tanto que os monges budistas

as têm e eles mesmos são grandes profissionais tatuadores.

Acho que já lhes está no sangue!

Melhor que ser eu a falar sobre as tatuagens tailandesas, recomendo, para quem tiver curiosidade, ler

o blog do Eduardo e da Mónica aqui. Foi lá que aprendi sobre elas.

Eles explicam até, como fazer uma tatuagem de graça assim como todos os significados das mesmas.

É muito interessante.

Contudo, a minha tatuagem feita no país dos sorrisos não teve nada com algo místico ou sagrado.

Queria fazer algo com que eu me identifica-se, aliás, eu e ele, pois decidimos os dois fazer a tatuagem juntos.

Queria-mos uma frase que por si só mostra-se como nós somos, como pensamos e como é a

nossa própria ideologia perante a vida.

Não foi nada difícil. Não foi.

Conhecemo-nos melhor que ninguém e não demora-mos nem dez minutos a dizer esta mesma frase.

Fizemos a tatuagem em menos de vinte minutos e não poderíamos ter ficado mais felizes com o resultado.

20160312_213009.jpg

20160312_214708.jpg

20160313_220205.jpg

Vamos viver com esta tatuagem o resto da nossa vida.

Vamos lembrar onde a fizemos e o motivo que nos levou a faze-la.

Nada, absolutamente nada, poderá mudar o significado e valor da mesma.

Ficará eternamente em nós, mesmo que infelizmente a gente fique com a certeza absoluta de que, o unico para sempre que podemos aceitar agora é o desta tatuagem.

 

»Próxima Paragem«