Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Próxima Paragem

Próxima Paragem

A cidade do Natal

A cidade do Natal é linda em qualquer altura do ano. Mas nesta época natalícia é mais ainda, pois não é por acaso que Dresden é considerada a cidade do Natal.

Tem um dos mercados de Natal mais belos e antigos da Europa que transformam a cidade por completo.

Há muitos outros mercados que podem ser encontrados nas proximidades da cidade, cada um com suas atracões e um toque especial.

Em Dresden constam mais de 230 barraquinhas que são enfeitadas ao pormenor, nas quais podemos encontrar vários doces típicos e grande variedade de artesanato feito pelos melhores artesões da região. Existe uma grande diversidade de cachecóis, gorros, luvas e meias feitas com malhas de todas as corres, assim como também feitas em lã.

Quem diz enfeitadas ao pormenor, diz mesmo aqueles pormenores mais pequenos possíveis, mais minuciosos, são cuidadosamente decoradas, isto porque todos os anos elegem a melhor barraquinha da festa.

SAM_0327.JPG

SAM_0406.JPG

São todos muito criativos com os enfeites.

SAM_0424.JPG

Fazem questão de iluminar e enfeitar o melhor possível.

SAM_0417.JPG

SAM_0428.JPG

SAM_0425.JPG

 São todas muito lindas. Com muita cor, muito encanto, muita luz, demonstram festividade e muito charme.

SAM_0323.JPG

Miúdos e graúdos fazem fila para andar neste carrossel. Achei imensa graça.

SAM_0332.JPG

O famoso pinheiro de Natal. Enorme, simples e bonito. 

dresdnerstollen.jpeg

Dresden é a cidade do verdadeiro Bolo Rei Alemão, o famoso "Christollen" ou "Stollen".

A sua confecção é originalmente de Dresden e a gente pode ver, provar e logicamente comprar. Porém, é obvio, que o "Christollen" é confeccionado em qualquer padaria Alemã. 

SAM_0403.JPG

A seguir ao Bolo Rei, um dos destaques mais surpreendentes da festa é a maior pirâmide de Natal do mundo.

Ela é uma imensa estrutura giratória de madeira em forma de cone, com vários andares, onde várias figuras natalícias se acomodam dentro.
São 8 metros de altura e mais de 50 figuras que, quando estão em movimento, deixam qualquer um encantado ainda mais com uma linda música acompanhando o movimento giratório da pirâmide. Muito giro.

SAM_0366.JPG

Foi aqui, que pela primeira vez na minha vida provei o tão famoso doce que se chama "Baumstriezel". Na verdade, esta maravilha é original da Bulgária.

É qualquer coisa!!! Mesmo muito,muito bom! Ainda mais feito na brasa. Normalmente são em fornos normais, mas este foi diferente. Já por isso foi o melhor até hoje.

Eu não sei explicar ao certo, mas isto é  feito com uma massa muito fofinha, do género de um croissant fofo, em que eles passam um pincel demolhado em manteiga e vai a "assar" na brasa e quando douradinho pode ser passado por açúcar e canela, por chocolate em pó,amêndoa ralada ou até mesmo avelãs torturadas. 

Eu prefiro sempre com açúcar e canela. É mesmo apetecível!

Só de ver, faz crescer água na boca.

SAM_0401.JPG

Este é o pinheiro de natal na zona da festa medieval da cidade, onde as pessoas envergam trajes medievais. 

De fundo temos as musicas medievais também, onde se vê jovens soprando nas suas gaitas de foles de forma bizarra, acompanhados por tambores que soltam frenéticos ritmos.

Gosto de ver e ouvir tais melodias, ainda mais em tempo de festa.

SAM_0398.JPG

Como em todo o lado que vou, gosto de me sentar em qualquer cantinho agradável e apreciar o que me rodeia.

Por acaso, acabei por me sentar numas das escadas que dão entrada a famosa igreja de Dresden denominada por "Frauenkirche" que em português significa "Igreja das Mulheres".

Hoje, devido não só a sua história e à sua beleza é considerada uma das igrejas de maior valor arquitectónico da Europa e oferece uma incrível vista de Dresden do alto da sua torre.

SAM_0440.JPG

Posso, por fim definir esta cidade como:

 

Deslumbrante, em cada recanto.

Romântica, a cada olhar.

Encantada, pela sua magia.

Simbólica, pela sua simplicidade.

Dotada, da sua história e essência.

Especial, na sua arquitectura.

Natalícia, com todo o seu brilho.

 

Um Feliz Natal para todos e como já dizia o nosso saudoso Raul Solnado "Façam o favor de serem felizes".