Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Próxima Paragem

Próxima Paragem

O feliz

É um feliz.

Sim. Ele é um felizardo. 

Está sempre cheio e quando não está, tem no mínimo duas pessoas presentes.

Faz os seus trajecto todos os dias, menos quando á greves.

Carregado de malas, sacos, bolsas, bicicletas de todos os tamanhos, cores e decorações, como por exemplo malhas (deve ser para a bicicleta não ter frio), animais,na sua maioria cães.

Casacos, luvas e gorros perdidos também se encontra.

Abre poras, fecha portas e carregando gente apressada e outra mais descontraída. Gente que fala sem parar umas com as outras, mas gente sossegada também.

Gente que gosta de ir a ouvir a sua musica de fundo ou outras que gostam de dar a conhecer o que estão a ouvir no momento. 

Tem gente com medo de falar num tom de voz normal e acabam por ter preferência para aquele tom de voz em que ninguém percebe o que a mesma está a dizer.

Tem gente que ri à gargalhada, sem qualquer vergonha, pelo facto de essa mesma se ouvir no fundo do comboio. Admito que acabo por me rir também. Faz lembrar a minha irmã. Se as pessoas sempre se riram assim, porque serem diferentes agora? Acho graça, mas quando tem a sua graça.

O feliz é cheio de emoções.

Pára a cada 2,3 ou 4 minutos. Todos os dias pessoas novas ou até as mesma de sempre. Nunca está sozinho, a não ser quando acaba o turno.

São 17 minutos que venho no comboio e adoro. 

Todos os dias este vai e vem, que me sabe tão bem.

 

Boa noite. 

Noite feliz para todos.