Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Próxima Paragem

Próxima Paragem

Railay Beach, Tailândia

Em todas as praias que estive, todas elas eram lindas e embora esta seja para muitos a favorita, para mim ela ficou em terceiro lugar.

Railay Beach fica a dez minutos de barco de Ao Nang.

Conheci os três lados desta ilha, Railay west, Railay East e Prah Nang Bay.

Lembro-me que foi no segundo dia na Tailândia. Eram oito da manha e estava eu já sentada com os bilhetes na mão, apenas a espera do senhor que nos iria levar de barco a tão admirada ilha.

Ver as pedras calcárias de perto é qualquer coisa de fabuloso. Inexplicável. Ver ao longe a praia de Railay deu-me a sensação que estava a chegar a um lugar estrondoso, único no mundo, onde eu iria poder brevemente mergulhar e nadar até me cansar, em águas cristalinas, onde a magia do momento me iria levar para ver nas profundezas das mais lindas e belas aguas tudo o que de belo estas escondem. Incrível. Lindo, lindo...

20160304_085156.jpg

20160304_085206.jpg

20160304_085515.jpg

Railay Beach, Tailândia

Railay Beach, Tailândia 

Tanto de um lado como do outro, esta pequena ilha conta com imensos restaurantes, bares, alguns estúdios para se fazer tatuagens e tranças no cabelo.

Aqui é um dos lugares mais perfeitos no Mundo para se fazer escalada e não faltava bons instrutores.

Pode-se mesmo fazer cursos de dois dias. Óptimo para quem quer aprender ou para quem já é um profissional.

Eu adorei fazer a minha própria escalada subindo uma trilha.

A subida exigia bastante força de braços e era aconselhável sapatinhas e não chinelos de dedo como eu fui.

20160304_114929.jpg

Estes eram turistas no inicio da trilha.

Existia uma corda bem grossa para nos ajudar a subir. Na verdade fiquei entusiasmada e estava cheia de energia. Queria subir, saber como era lá em cima.

Nunca fiz 4escala e isso adoçou mais a minha vontade, pois adoro adernalina. Já ele, visto que tem vertigens e não sabíamos o que iríamos encontrar, ficou receoso.

Mas lá fomos nós.

Que aventura!

20160304_122548.jpg20160304_123121.jpg

Na primeira foto sou eu depois de descer dez metros para ver a lagoa.

Lagoa que não tinha praticamente água nenhuma...tive azar.

Por momentos achei que foi tempo perdido, mas depois de lá estar, vi a maior arvore que já vi em toda a minha vida, como podem ver na imagem.

Embora daqui a perspectiva seja outra, acreditem que ela era gigante.

20160304_123421.jpgDepois da subida até ao topo, da descida até a lagoa e da subida novamente até ao topo, fomos ver Railay Viewpoint e tive então esta vista privilegiada.

Digam lá?

É ou não é uma paisagem em que valeu apena o esforço, o cansaço, a sede e o suor?

Claro que sim. 

20160304_124359.jpg

Entretanto descemos e fomos almoçar.

Comi um Doner Kebab, comida típica turca, mas que para além de ser barata e deliciosa, o cheirinho do frango assado no espeto já se sentia ao longe e não tinha como resistir.

Logicamente para acompanhar, tivemos os sumos de fruta naturais que tão bem nos soube na altura.

Neste entretanto, ao longo do caminho que liga Railay West e Railay East, passa-mos por de baixo das grandes pedras calcárias e adivinhem quem estava lá para nos ver?

Eram estes amorosos macacos que tão simpáticos foram, ao subirem para o meu ombro passando assim para o ombro do meu companheiro.

Super engraçados!

Momentos inéditos!

Estar de perto com os macacos foi extraordinário e eles bem que até gostaram de brincar, se lhe dermos bananas mais ainda.

Não havia turista que não permanece-se por alguns bons minutos para lhes tocar.

SAM_2324.JPGMacacos na Tailândia

Macacos na TailândiaSAM_2325.JPG

Prestes a chegar á praia mais linda desta ilha, a Prah Nang Bay/Beach, encontra-mos uma caverna (Pranang Shire) que particularmente a nós e a quase todos os turistas despertou uma grande curiosidade.

Trata-se de uma pequena caverna, dedicada ao espírito da Princesa Phra Nang, que deu origem ao nome da praia. Para esta trazer fertilidade para as famílias e como agradecimento, os pescadores e moradores da zona colocam esculturas fálicas de todos os tamanhos e cores.

É mesmo caso para se dizer, que se por acaso estiver nos seus planos ir até Railay Beach passar férias e se tiver planos de ter um filho, vale a pena vir aqui, não acham?

Se calhar, até que a coisa pode correr bem, não? 

O diferente é sempre mais interessante e é bem verdade. 

SAM_2337.JPGSAM_2336.JPG

Visto isto, estava na hora de conhecer a célebre praia de Prah Nang. 

Com uma enorme faixa de areia fina e branca, enormes pedras calcárias e altos penhascos nas duas pontas da praia, conseguem ter uma pequena ideia da beleza e a sorte de estar num lugar destes.

Eu não queria acreditar!

Railay Beach

20160304_094235.jpg

20160304_105300.jpg

20160304_094101.jpg

Linda não é?

E modesta a parte, esta ultima foto ficou perfeita. Parece tirada da google, mas não, é mesmo minha.

Eu e o meu lado "fotografa profissional" ás vezes trabalhamos bem.

Nesta praia não tem como passar fome ou sede. Existem barcos para estes efeitos.

Barcos que são um género de "restaurante" flutuante, onde tem de tudo um pouco e a maioria das coisas são saudáveis, tirando os molhos,claro!

Lógico é, que estando tanto calor todo o cuidado é pouco, mas não só aqui como em todo o lado onde a gente almoçou e jantou, nunca passamos mal.

Bem pelo contrário.

Come-se muito, mas mesmo muito bem na Tailândia.

Talvez vá apenas dos gostos e do organismo de cada um.

20160304_104925.jpg

20160304_104945.jpg

 Nesta tarde ficamos por aqui, nestas águas maravilhosas até os últimos barcos embarcarem para a nossa pequena vila de Ao Nang.

Num outro dia fomos ver o por do sol nesta mesma praia e posso dizer-vos, que para além do lindo por de sol que vimos em alto mar ter sido dos melhores e mais lindos de sempre, este foi sem duvida o mais fantástico. 

Vejam lá, que até consegui pegar no sol 

Por do sol em Railay Beach, Tailândia

 

»Próxima Paragem«

 

 

 

 

comenta:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.